Como fazer otimização do RH e redução de custos

Posted by:

As mudanças e transformações que os últimos anos trouxeram para o RH são amplamente conhecidas. Nesse contexto, a tecnologia teve um papel importante para a evolução. Alguns especialistas em gestão de pessoas até começaram a chamar esse período de quarta revolução industrial.

Afinal, os softwares para gestão automatizam processos burocráticos. Com isso, os profissionais conseguem tempo para se dedicar a atividades estratégicas.

Clima organizacional

Um exemplo de software de otimização do RH por trazer mais clareza e direcionamento às decisões de gestão é o STOU powered by ifSinc. O sistema faz um mapeamento cultural da organização.

Dessa forma, consegue captar e interpretar sinais sutis da cultura, interconectados no cotidiano através de metodologias que integram extensos estudos sobre desenvolvimento humano e complexidade.

O resultado é uma compreensão mais sistêmica e profunda dos movimentos do coletivo, tornando-se um valioso aliado para a definição de diretrizes.

Gestão de ponto

Outra tecnologia que auxilia na otimização do RH e gera redução de custos é o controle de ponto automatizado. Embora, seja bem conhecido, ainda existem algumas empresas que fazem o controle de ponto com planilhas e livros de ponto.

Esse meio, além de ser passível de fraude, deixa o cálculo de horas suscetível a erros que podem gerar processos trabalhistas. Além disso, no caso do ifPonto, o sistema se paga, geralmente, com cerca de 5% da economia gerada pelo próprio software.

A iFractal disponibiliza um simulador de economia que indica as possíveis porcentagens de redução de custos sobre abonos duvidosos, horas extras e questões trabalhistas. 

Ambos os softwares podem ser integrados. Com isso, no momento da marcação de ponto, o colaborador registra, também, o seu humor diário e responde algumas questões sobre o clima organizacional.

Esse conjunto de recursos avançados conecta colaboradores e gestores de maneira objetiva, transparente e autêntica, fornecendo um panorama temporal de engajamento dentro da empresa e garantindo mais assertividade na gestão. 

 


Este conteúdo foi desenvolvido pelo núcleo de comunicação da iFractal, com base na experiência, informações e pesquisas nas áreas de Recursos Humanos e Tecnologia da Informação, sob a supervisão editorial de Caio Carraro Gomes da Costa. O compartilhamento deste conteúdo é livre, desde que citada a fonte e que não seja alterado, manipulado ou reeditado. As opiniões das entrevistas são de responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, a posição da iFractal.

0
  Posts Relacionados