iFractal terá personagem exclusiva nos sistemas

Há mais de 1 ano, o artista plástico Paulo Stocker, conhecido mundialmente pelo seu personagem Clovis, leva seus cartoons para as soluções da iFractal, especialista em desenvolvimento de sistemas em nuvem para gestão empresarial.

Em junho, será lançada a Iza, uma personagem exclusiva para ilustrar as tirinhas nos sistemas. “A ideia surgiu da necessidade de repensarmos sobre as várias situações que vivemos diariamente, tanto no ambiente corporativo, quanto na vida em sociedade. Haverá um esforço especial na criação dos roteiros para que as mensagens atinjam as pessoas de uma maneira positiva e com intenção de promover a reflexão sobre os temas. Com essa proposta e, dando continuidade ao trabalho – agora em co-autoria – com Paulo Stocker e seu traço simpático e inconfundível, o objetivo da iFractal é inspirar e elevar o pensamento das pessoas”, reforça Caio Carraro, diretor de comunicação e marketing da iFractal.

Apostando na empatia dos clientes com a personagem Iza, a iFractal já planeja distribuir uma série de presentes como canecas, camisetas e agendas que serão dadas, eventualmente, aos seguidores mais engajados nas redes sociais.

.…………………………………………………………

iFractal investe em funcionários para fortalecer crescimento

Com objetivo de alinhar as estratégias e criar conexões com cadência, a iFractal, especialista em sistemas para gestão, acaba de iniciar, em parceria com o Instituto Evoluir, o programa “Lab Evoluir”. O processo promove o mapeamento de perfil comportamental que resulta no autoconhecimento e, consequentemente, potencializa as habilidades de cada membro da equipe.

Durante seis meses, os funcionários irão participar de workshops, encontros de alinhamento e entrevistas individualizadas com psicólogos, nos quais serão levados a refletir como podem aprimorar sua performance a partir de ações e mudanças de consciência.

Para Alexandra Grassini, psicopedagoga do Instituto Evoluir, esse trabalho traz inúmeras vantagens não apenas para a empresa, mas também para os participantes. “Os colaboradores têm a oportunidade de experimentar melhorias nas relações e comunicação interna, com isso a tomada de decisões passa a ser mais assertiva. O grupo aprende a se colocar no lugar do outro, além de despertar o senso de pertencimento do colaborador com a empresa, uma vez que ele acaba se sentindo parte importante no processo de crescimento do negócio”, afirma.

Marcelo Germano de Oliveira, sócio-diretor da iFractal, complementa. “Quando existe o sentimento de pertencimento ao negócio e as conquistas são compartilhadas, o resultado é de todos. Para ser melhor é preciso investir em pessoas.”

…………………………………………………………