Cel.Lep

Cel-Lep adota solução em nuvem e otimiza tempo de trabalho

A CEL-LEP é uma das principais redes de ensino de idiomas de São Paulo, com 38 unidades estrategicamente posicionadas pelo Estado e um quadro de mais de 500 funcionários. Como referência de ensino de idiomas, em 2012 a rede foi adquirida pelo grupo H.I.G. Capital, uma das maiores gestoras de private equity do mundo.

Essa aquisição acelerou ainda mais o crescimento da rede, que gerou novas demandas, dentre elas, um sistema capaz de centralizar a gestão de pessoas de todas as unidades da rede e atender o crescimento dos próximos anos.

Ao optar pela solução oferecida pela iFractal, o ifPonto, além de facilitar o processo de cadastro das pessoas, o registro do ponto e a supervisão de seus funcionários, o sistema viabilizou a aproximação dos gestores de todas as unidades, como nunca antes havia ocorrido.

A solução ifPonto automatizou o controle do banco de horas das empresas do grupo, o cálculo de gratificações, a integração dos dados cadastrais, licenças e afastamentos com o sistema de folha de pagamento da empresa. “Agora um gestor consegue gerenciar melhor sua equipe. Além disso, temos informações confiáveis e on-line no sistema”, afirma Mariana Klein, Gerente do Departamento Pessoal.


O ifPonto elabora relatórios gráficos que sinalizam as principais divergências que afetam diretamente a operação e os custos do negócio. Dessa forma, temos como contornar toda situação que possa gerar um aumento das despesas e do passivo trabalhista no momento que o evento é identificado.

Entre as vantagens do ifPonto, Mariana destaca que agora os colaboradores têm mais tempo para se dedicar a outras tarefas. Sem o sistema, o processo de fechamento era burocrático e demandava horas de trabalho do departamento pessoal para apurar e lançar as informações nos controles internos.

“O sistema cuida de todo o processo relacionado ao espelho de ponto do funcionário e disponibiliza a informação on-line, o que tem nos ajudado muito. Agora podemos nos dedicar a outras atividades na empresa, ao invés de executar tarefas repetitivas que não agregam conhecimento ao funcionário e benefícios para a empresa. Hoje o trabalho está voltado a avaliação de justificativas e análise de resultados”, afirma a gestora.