Sobre

Que bom que você procurou saber um pouco mais sobre a iFractal e o nosso modelo de negócio com o SIIN (Serviço de Integração Inteligente nas Nuvens). Clique nos banners para conhecer mais.

A iFractal atua no desenvolvimento de software em nuvem desde 2004, sendo pioneira no Brasil com sistema cloud para gestão de pessoas e recursos que vão muito além do controle de ponto eletrônico. Por desenvolver em ambiente livre, GNU/Linux, o sistema ifPonto integra com os principais fabricantes de relógio de ponto eletrônico. O sistema da iFractal impacta diretamente na redução de custos operacionais e na otimização de tempo, apoiando o Recursos Humanos a conquistar uma gestão de ponto mais eficaz. Dentre alguns clientes estão: Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), Universidade de São Paulo (USP), NEC, Reclame Aqui, Dr. Consulta, Cel.Lep, Privalia, FTD, Sebrae SP, Nokia, Dia Group, Zelo, Harley-Davidson, Adecco, Sem Parar, Temon, Robert Half, Boxter Combustíveis entre outros.

A iFractal nasceu de desenvolvendo sistemas em GNU/Linux, no modelo SaaS (Software as a Service) e, ao longo dos anos, aprimorou as ferramentas tecnológicas que estruturam em modelo de negócio, criando o Serviço de Integração Inteligente nas Nuvens, o SIIN. São seis pilares que formam o SIIN: A Segurança no tratamento dos dados; A Flexibilidade de acesso às informações com base na integração com outros sistemas e dispositivos; A Escalabilidade que permite as empresas crescerem sem restrições técnicas; A Economia que os sistemas se propõem a gerar com a utilização a médio prazo; A Liberdade contratual para que não haja aprisionamento tecnológico; E a Tecnologia sempre atualizada e em constante avanço. Essas são as características presentes em todos os sistemas desenvolvidos e ofertados ao mercado.

Temos muito mais pra contar mas, certamente, essas quatro informações já resumem bem sobre como desenvolvemos os nossos sistemas, como entregamos os projetos aos nossos clientes, como lidamos com os avanços da tecnologia de modo sempre humanizado e, finalmente, como trabalhamos fortemente para minimizar a prática nociva do aprisionamento tecnológico e da obsolescência programada, tão prejudiciais para o cliente final.