Blog

Por que adotar HR Tech para revolucionar a gestão de pessoas?

Posted by:

O departamento de Recursos Humanos passou por uma transformação nos últimos anos: deixou de ser operacional e se tornou estrategista. As soluções tecnológicas para RH impulsionaram esse processo. Isso porque as tecnologias, através de softwares que permitem análise de métricas e relatórios, contribuem na tomada de decisões dos gestores. 

Essa transformação vem sendo chamada de HR Tech, ou RH tecnológico, e é considerada uma mudança de cultura. Alguns especialistas em gestão de pessoas até começaram a chamar esse período de quarta revolução industrial.

O HR Tech pode reduzir custos com horas extras indevidas e processos trabalhistas, já que o gestor de RH, com o uso de software de controle de ponto eletrônico em nuvem, pode acompanhar todas as informações da jornada de trabalho, e receber alertas sobre divergências, em tempo real de qualquer dispositivo conectado à internet. 

Os colaboradores também são beneficiados, pois conseguem acompanhar a evolução do dia a dia na empresa e enviar justificativas antes do fechamento da folha de pagamento. Essa comunicação, em tempo real, é fundamental para manter um bom alinhamento de ideias entre gestores e funcionários. 

O uso de softwares em nuvem, além de simplificar, automatiza atividades que levariam dias para serem executadas manualmente, como o fechamento do ponto eletrônico, já citado anteriormente. 

Outro desafio para a gestão de pessoas é manter o engajamento satisfatório da equipe. E a tecnologia é uma aliada para atingir esse objetivo. Com uma ferramenta de análise de clima organizacional, o gestor de RH consegue obter uma compreensão sistêmica e profunda dos movimentos do coletivo e, com isso, o processo de definição de diretrizes fica mais assertivo. 

Marcelo Germano de Oliveira, sócio diretor da iFractal, explica que o melhor caminho para ter êxito com o HR Tech é pesquisar por fornecedores que garantam segurança, flexibilidade, escalabilidade, economia e liberdade contratual, ou seja, empresas que não cobram multa de rescisão e obrigam o uso da solução por tempo determinado. 

“Essas práticas atrapalham a gestão de RH, pois tornam os clientes dependentes da tecnologia adotada, prática conhecida como aprisionamento tecnológico. A iFractal, que já nasceu sob a geração em nuvem, naturalmente, tem como princípio a liberdade contratual. Além disso, desenvolve todos os sistemas HR Tech em ambiente livre GNU/Linux, o que permite customizações de acordo com a necessidade de cada RH e não aprisiona o cliente”, afirma.

0
  Posts Relacionados