Blog

Liberdade contratual é o fator determinante para o sucesso de implantação de controle de ponto eletrônico

Posted by:

No setor de recursos humanos, a importância do software para controle da jornada de trabalho é inegável: é através da escolha do software de ponto eletrônico que o RH consegue analisar gráficos e relatórios dos colaboradores em tempo real e, assim, reduzir custos operacionais da empresa.

No momento de escolha do software de controle da jornada de trabalho, o RH e o TI devem avaliar alguns pontos essenciais, como se as atualizações terão custo, já que melhorias, correções e atualizações de versões precisam ser constantes para o bom funcionamento do sistema. Também é recomendado verificar se são adotadas práticas de segurança e sigilo de dados e se existe um plano de contingência.

Apesar da evidente importância, algumas empresa mantém o modelo de negócio com custos para manutenção, troca de peças e bobinas, atualizações e contratos com multa de rescisão e obrigação de uso por tempo determinado. Essas práticas  não são compatíveis com a liberdade contratual e atrapalham o sucesso da implantação, pois tornam os clientes dependentes de recursos de um único fabricante.

Por isso, é de extrema importância pesquisar por empresas que garantam liberdade contratual, assim a empresa poderá ficar livre para mudar de fornecedor a qualquer momento, sem que seja prejudicada pela venda conjunta de hardware e software.

“A iFractal, que já nasceu sob a geração em nuvem, naturalmente, tem como princípio a liberdade contratual. Além disso, desenvolve todos os sistemas em ambiente livre, o que minimiza a prática de aprisionamento tecnológico, uma vez que integra com os principais fabricantes de relógios de ponto eletrônico do mercado que atuam na portaria 1.510 do MTE”, afirma Marcelo Germano de Oliveira, sócio diretor da iFractal. 


Perguntas para fazer na hora de consultar os fornecedores de sistemas em nuvem para gestão de ponto:

1. O sistema integra com os principais fabricantes de relógio de ponto eletrônico?

2. O sistema tem aplicativo que também permita o registro off-line?

3. O sistema está em conformidade legal com as portarias 1.510 e 373?

4. As atualizações do sistema serão cobradas?

5. Haverá multas ou taxas de rescisão de contrato?

6. Há necessidade de algum tipo de chave para uso do software, por exemplo, Hard-Lock ou Soft-Lock?

7. O sistema possui certificados de auditoria de segurança dos dados?

8. O sistema possui suporte ilimitado ao usuário ou, as aberturas de chamadas serão cobradas de alguma forma?

0
  Posts Relacionados