Recursos Humanos precisam de liberdade contratual

Por Marcelo Germano de Oliveira

Os tempos mudaram. Se antes o uso de tecnologia era uma opção para a gestão de pessoas, hoje é uma aliada estratégica indispensável para automatização de atividades estritamente operacionais e tomada de decisões com base em dados e métricas online.

Como a tecnologia está em constante avanço, no momento da escolha dos sistemas de gestão, como ponto eletrônico e pesquisa organizacional de avaliação e clima, o ideal é procurar por modelos que não aprisionam a empresa em contratos inadequados que inviabilizam uma possível troca, caso necessário.

É preciso verificar se existe uma relação de liberdade entre o fornecedor e a empresa para que, a qualquer momento, seja possível mudar de software sem que a empresa seja prejudicada com multa.

Outra situação comum é quando as cláusulas do contrato são diferentes das que foram acordadas verbalmente. Para evitar algum tipo de problema futuro é aconselhável que os Recursos Humanos sempre peça o apoio dos departamentos jurídico e de tecnologia sobre as questões que envolvam contratações de softwares.

Deixe uma resposta